Fabricação Microcervejarias Chegando à era do autosserviço

Chegando à era do autosserviço

121

No exterior, ele já é uma realidade, presente em várias frentes — postos de gasolina, restaurantes, bares, aeroportos, supermercados, lojas, etc. No Brasil, aos poucos, ele vai conquistando espaço e vencendo barreiras, desconfianças e distâncias: o autosserviço chegou para ficar.

As empresas que fornecem o serviço garantem: quem não se adaptar vai ficar para trás.

Todo mundo está indo para
autosserviço, incluindo o varejo.

“É uma tendência mundial, não só na área de bebidas. Todo mundo está indo para autosserviço, incluindo o varejo. Em vários países já existe autosserviço em quase tudo. No Brasil, estamos muito mal-acostumados, engatinhando em relação a isso”.

Duas cervejarias de Curitiba – Templo da Cerveja e Beer To Go – estão disponibilizando a opção de autosserviço de cerveja para seus clientes, ou seja, quem quiser pode tirar seu próprio chope. Funciona assim: nos dois estabelecimentos, é preciso fazer um cartão fidelidade – aí é só colocar créditos e usá-lo para desbloquear as torneiras de chope

Beer to Go tem oito torneiras de autosserviço. Foto: Divulgação.

O autoserviço proporciona ao cliente a possibilidade de realizar sua própria degustação e conhecer mais tipos de cerveja, o bar também pode promover a vinda dos clientes variando bastante as cervejas, apresentando mais rótulos e trazendo sempre novidades para que o clientes voltem e se acostumem de ter a chance de a cada visita encontrar novidades.

Luca Fernandes é Publicitário com experiência de 20 anos em comunicação, com passagem por revistas e agências de propaganda voltadas ao trade marketing, varejo, setor supermercadista, agropecuário e distribuição cinematográfica.